ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO BÁSICO NOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

  • Ariele Lorena Barbosa da Hora Universidade Estácio de Sá - UNESA, Campos dos Goytacazes–RJ, Brasil
  • Eduardo Shimoda Universidade Cândido Mendes - UCAM, Campos dos Goytacazes–RJ, Brasil
  • Henrique Rego Monteiro da Hora Instituto Federal Fluminense - IFF, Campos dos Goytacazes-RJ, Brasil
  • Helder Gomes Costa Universidade Federal Fluminense (UFF) – Niterói – RJ, Brasil

Resumo

A água constitui um recurso natural limitado e um bem público fundamental para a vida e para a saúde. O serviço de fornecimento de água e esgotamento sanitário é definido como saneamento básico e visa suprir a população com água potável própria para o consumo e serviço de coleta e tratamento de esgoto, de modo a não prejudicar o ambiente. Este trabalho tem como objetivo a avaliação da eficiência dos serviços de saneamento básico nos municípios do estado do Rio de Janeiro, verificando as hipóteses sobre a correlação da eficiência com a renda do município, a concentração da população em zona urbana ou rural e a proximidade do município com a capital Rio de Janeiro. Para tal, são utilizados dados públicos do Sistema Nacional de Informação sobre o Saneamento (SNIS), e dados do censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A técnica da Análise Envoltória de Dados (DEA) é aplicada, e o resultado é correlacionado com as variáveis de interesse, e testes de hipótese são aplicados. Vários municípios possuem desempenho pífio por ausência de serviço de esgotamento sanitário, mas os resultados apontam que nem sempre a proximidade com a capital é relevante para a eficiência dos serviços de água e esgoto. Estatisticamente comprova-se que a população urbana possui melhores serviços de água e esgoto do que a população rural e que a renda do município, expressa pelo indicador do PIB per capita, de nenhum modo influencia a eficiência dos serviços avaliados.

Palavras-Chave: Análise Envoltória de Dados, Saneamento Básico, Rio de Janeiro.

 

Biografia do Autor

Ariele Lorena Barbosa da Hora, Universidade Estácio de Sá - UNESA, Campos dos Goytacazes–RJ, Brasil
Bacharel em Engenharia de Produção pela UNESA
Eduardo Shimoda, Universidade Cândido Mendes - UCAM, Campos dos Goytacazes–RJ, Brasil
Coordenador do Mestrado em Pesquisa Operacional e Inteligência Computacional (UCAM-Campos)
Professor dos Mestrados em Engenharia de Produção e Planejamento Regional/Gestão de Cidades (UCAM-Campos)Professor do Curso de Medicina - FMC
UCAM-Campos
Henrique Rego Monteiro da Hora, Instituto Federal Fluminense - IFF, Campos dos Goytacazes-RJ, Brasil
Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal Fluminense, Professor do Instituto Federal Fluminense
Helder Gomes Costa, Universidade Federal Fluminense (UFF) – Niterói – RJ, Brasil
Professor do Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal Fluminense (UFF). Coordenador da área de Pesquisa Operacional da Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO)
Publicado
17-12-2014
Como Citar
da Hora, A. L., Shimoda, E., da Hora, H., & Costa, H. (2014). ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DOS SERVIÇOS DE SANEAMENTO BÁSICO NOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 7(1), 55-81. Recuperado de https://podesenvolvimento.org.br/podesenvolvimento/article/view/342
Seção
Artigos