ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DE SUBESTAÇÕES – UMA APLICAÇÃO DE DEA EM UMA EMPRESA DO SETOR DE ENERGIA DA REGIÃO METROPOLITANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Autores

  • Universidade Federal Fluminense
  • Universidade Federal Fluminense
  • UERJ
  • Universidade Federal Fluminense
  • Universidade Federal Fluminense
  • AMPLA
  • São Simão Montagens e Serviços Ltda
  • CEFET/RJ

Resumo

O objetivo deste artigo é investigar a performance de algumas Subestações de Energia de uma distribuidora localizada no Estado do Rio de Janeiro utilizando Análise Envoltória de Dados (DEA). O modelo utiliza como inputs os custos totais de investimento e manutenção e, como outputs indesejáveis, a quantidade e duração totais das falhas dos equipamentos. Foram propostos dois modelos. No primeiro, os dados utilizados foram totais por Subestação e no segundo, total por tipo de equipamento. Ambos os modelos permitiram a ordenação das DMUs por eficiência. Considerando que as Subestações apresentam falhas em diferentes equipamentos, foi feita uma clusterização das DMUs para obter benchmarks mais confiáveis.

Downloads

Publicado

27-07-2011

Como Citar

Fernanda Fidelis, Nissia Carvalho Rosa, Luiz, Lidia, João Carlos Correia Baptista, Jacqueline Vianna, David Targueta da Silva, & Osvaldo. (2011). ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DE SUBESTAÇÕES – UMA APLICAÇÃO DE DEA EM UMA EMPRESA DO SETOR DE ENERGIA DA REGIÃO METROPOLITANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 4(1), 1–12. Recuperado de https://podesenvolvimento.org.br/podesenvolvimento/article/view/80

Edição

Seção

Artigos