O IMPACTO INICIAL DA PANDEMIA DE COVID-19 NO RISCO DA ATIVIDADE ECONÔMICA NO BRASIL

Autores

  • André Assis de Salles

DOI:

https://doi.org/10.4322/PODes.2021.002

Palavras-chave:

Pandemia de Covid-19, Risco idiossincrático, Economia brasileira

Resumo

A Pandemia de Covid-19 afetou as relações sociais e econômicas em todas as economias nacionais e na economia mundial e em seus mercados financeiros. O financiamento do investimento e da produção nas economias ocorre nesses mercados, em particular no mercado de capitais. O risco idiossincrático representa o risco associado apenas a um projeto produtivo específico, a um setor econômico ou uma economia nacional específica. Este trabalho tem como objetivo estimar o risco idiossincrático da economia brasileira, através de modelos condicionais heteroscedásticos, para verificar o impacto da Pandemia de Covid-19 no risco associado a projetos produtivos desenvolvidos na economia brasileira, ou a investimentos e financiamentos no país. Além disso, este trabalho tem como objetivo verificar aqui a relação causal dessa estimativa do risco único com o prêmio de risco soberano. Foram utilizados dados diários em US $, do período de 30 de junho de 2017 a 1º de julho de 2020.

Downloads

Publicado

17-02-2021

Como Citar

Salles, A. A. de. (2021). O IMPACTO INICIAL DA PANDEMIA DE COVID-19 NO RISCO DA ATIVIDADE ECONÔMICA NO BRASIL. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 13, 1–16. https://doi.org/10.4322/PODes.2021.002