AVALIAÇÃO DO GRAU DE MATURIDADE DA INDÚSTRIA 4.0 NO SETOR DE AUTOPEÇAS BRASILEIRO COM AUXÍLIO DO DIAGNÓSTICO DO PROMETHEE

  • Wilson Gasparotto Storolli UNICAMP
  • Anibal Tavares de Azevedo, Prof. Dr. FCA-UNICAMP, Limeira-SP, Brasil
  • Francisco Ignácio Giocondo César, Prof. Dr. FCA-UNICAMP, Limeira-SP, Brasil, e IFSP, Piracicaba-SP, Brasil
  • Ieda Kanashiro Makiya, Profª. Drª. FCA-UNICAMP, Limeira-SP, Brasil
Palavras-chave: Indústria de Autopeças, Indústria 4.0, Grau de Maturidade, Estratégia

Resumo

No mundo contemporâneo observa-se grandes mudanças conjunturais, ambientais, sociais e econômicas. Grande parte destas mudanças e impactos são derivadas do início da “4ª Revolução Industrial”, também conhecida como “Indústria 4.0” (I.4.0), que vem promovendo uma disrupção no mundo dos negócios, criando mercados e desestabilizando as formas tradicionais. Sendo a I.4.0 uma abordagem estratégica na integração de sistemas de controle avançados com tecnologia de internet, permitindo comunicação entre pessoas, máquinas, produtos e sistemas complexos, este artigo tem por finalidade, de forma inédita, avaliar o grau de maturidade das indústrias no setor de autopeças brasileiro em relação a essa revolução, utilizando e comparando o Método Monocritério OPM3/Likert e o Método Multicritério Promethee. Através deste estudo foi possível identificar que o setor se encontra em “nível inicial” em sua implementação e, complementarmente pelo método Promethee, foram identificadas ações para melhoria do grau de maturidade no setor, devido ao aumento na visibilidade dos resultados.

Biografia do Autor

Anibal Tavares de Azevedo, Prof. Dr., FCA-UNICAMP, Limeira-SP, Brasil

Possui graduação em Matemática Aplicada e Computacional pela Universidade Estadual de Campinas (1999), mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (2002) e doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Tem experiência na produção de modelos matemáticos e de simulação para Engenharia de Produção e Planejamento e Programação da Operação do Sistema Elétrico com ênfase em Programação Linear, Não-Linear e Inteira Mista, atuando principalmente nos seguintes temas: planejamento e controle da produção da manufatura e da geração e transmissão de energia elétrica, desenvolvimento de modelos matemáticos e de simulação para logística e operação portuária, localização de facilidades como hospitais, centrais telefônicas e armazéns de soja com emprego dos seguintes métodos: algoritmos genéticos, Beam Search, Simulated Annealing, Simulação de sistemas e representação por regras. Possui cerca de 115 artigos completos e resumos em congressos nacionais e internacionais e 20 em revistas nacionais e internacionais, bem como 5 capítulos de livro publicados. Orientou um total de 64 alunos dentre TCC, IC, PEDs, monitores, mestrado e doutorado. Participou projetos de pesquisa com as seguintes empresas e agências de fomento: AMBEV, CPFL, Duke Energy, EMBRAER, VALE, Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Operador Nacional do Sistema Elétrica (ONS), CNPq (Universal), FAPESP (temático e PIPE), FINEP.

Francisco Ignácio Giocondo César, Prof. Dr., FCA-UNICAMP, Limeira-SP, Brasil, e IFSP, Piracicaba-SP, Brasil

Engenheiro Mecânico (UNESP) com Mestrado e Doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP. Atualmente cursa pos-doc em Engenharia de produção na FCA - UNICAMP. Possui certificado de qualificação me Project Management (PMI) e Green Belt. Curso de especialização em Melhoria Contínua (5S, Kaizen, Lean) no Japão (Jan. 2018) pela JICA - Japan International Cooperation Agency. Atividades Atuais: Atualmente é Professor no Departamento Industrial do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de São Paulo (IFSP - Campus Piracicaba) desde 2011. Também é Professor Pesquisador Colaborador no Programa de Pós Graduação da Engenharia de Produção da Universidade Estadual de Campinas (FCA- UNICAMP - Campus Limeira) desde 2016. Coordenado do SB-Lab (Sustainable Business Lab - Laboratório de Negócios Sustentáveis). Possui experiência profissional de 23 anos como Gerente de Projetos Internacionais na TRW e Caterpillar Brasil. Pesquisa de Interesse atual - Melhoria Continua / Lean Production / Six Sigma - Industry 4.0 / Manufatura Avançada / Industrial Internet of Things - Empreendedorismo / Business Canvas - Tecnologias Emergentes / Disruptive Technologies Colaborador nas seguintes instituições - Collaborative Research Network on Supply Chain 4.0 (http://supply-chain.e-wallet.ca/ ) Membro Fundador da SC4 - Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento de Empresas Inovadoras (ANPEI) (http://anpei.org.br/). Membro do Comitê de Interação em Ciências e Tecnologia - Usina da Inovação / AgTechValley (http://www.startagro.agr.br/usina-de-inovacao-monte-alegre-quer-ser-o-celeiro-high-tech-da-agricultura-em-piracicaba/) (http://www.valedopiracicaba.org/) Startup Mentoring.

 

Ieda Kanashiro Makiya, Profª. Drª., FCA-UNICAMP, Limeira-SP, Brasil

Docente da Faculdade de Ciências Aplicadas da Universidade Estadual de Campinas - FCA-UNICAMP. Líder de Grupo de Pesquisa SB-LAB - Sustainable Business Laboratory / Laboratório de Negócios Sustentáveis na base CNPq. Docente credenciada no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Manufatura (FCA-UNICAMP). Integrante do Laboratório de Agronegócio (LAG), Laboratório de Estudos de Gestão de Operações Sustentáveis (LEGOS) vinculados ao Centro de Pesquisas em Administração (CEPAD) da Faculdade de Ciências Aplicadas - UNICAMP. Ênfase nos seguintes temas: Sustentabilidade, Qualidade & Produtividade, Smart Cities, Indústria 4.0, Economia Criativa. Possui Pós-Doutorado em indicadores de sustentabilidade pelo Climate Change Laboratory - Agricultural and Biological Engineering - University of Florida (2014). Desenvolvimento de pesquisas junto ao Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo - IPT (2004-2005-2006). Doutorado em Gestão da Qualidade pelo Departamento de Engenharia de Produção da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, EPUSP (2002). Mestrado em Tecnologia de Processos pela Faculdade de Engenharia de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas FEA-UNICAMP (1996). Graduação em Engenharia de Alimentos pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP (1989).

 

Publicado
29-12-2018
Como Citar
Gasparotto Storolli, W., Tavares de Azevedo, A., Giocondo César, F., & Kanashiro Makiya, I. (2018). AVALIAÇÃO DO GRAU DE MATURIDADE DA INDÚSTRIA 4.0 NO SETOR DE AUTOPEÇAS BRASILEIRO COM AUXÍLIO DO DIAGNÓSTICO DO PROMETHEE. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 10(3), 179-202. https://doi.org/10.4322/PODes.2018.012
Seção
Edição Especial ERPO 2018