UM ESTUDO COMPUTACIONAL SOBRE A GERAÇÃO DE PADRÕES DE CORTE 2-ESTÁGIOS EM UMA FÁBRICA DE MÓVEIS DE PEQUENO PORTE

  • Rafael Freitas Rocha UNESP/São José do Rio Preto
  • Silvio Alexandre de Araujo UNESP/São José do Rio Preto
  • Socorro Rangel UNESP/São José do Rio Preto

Resumo

Os Problemas de Corte de Estoque (PCE) são frequentemente encontrados em indústrias moveleiras. Em algumas indústrias, para a fabricação dos móveis é necessário cortar placas retangulares de madeira em retângulos menores. O foco deste trabalho é avaliação de diferentes modelos matemáticos para gerar padrões de corte para a solução dos PCE bidimensionais usando o método de geração de colunas. O estudo se baseia no processo produtivo de uma fábrica de pequeno porte do Pólo Moveleiro de Mirassol-SP. É realizado um estudo computacional usando instâncias geradas a partir de dados coletados na fábrica, e são apresentadas conclusões ao se comparar os modelos propostos entre eles e com os resultados da fábrica. Além disso, são analisados outros aspectos da produção, tais como, a possibilidade de rotacionar itens e o corte conjunto de itens associados a diferentes produtos finais.

Publicado
24-10-2016
Como Citar
Rocha, R., Araujo, S., & Rangel, S. (2016). UM ESTUDO COMPUTACIONAL SOBRE A GERAÇÃO DE PADRÕES DE CORTE 2-ESTÁGIOS EM UMA FÁBRICA DE MÓVEIS DE PEQUENO PORTE. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 8(3), 181-213. Recuperado de https://podesenvolvimento.org.br/podesenvolvimento/article/view/447
Seção
Edicao Especial Cortes/Empacotamento