CONSTRUÇÃO DE CARTA DE CONTROLE PARA AVALIAÇÃO DA SIGNIFICÂNCIA DOS DESVIOS ENTRE CORREÇÕES MANUAIS E ELETRÔNICAS EM MEDIÇÕES DE VOLUME DE GNV FATURADO

Autores

  • José Francisco Moreira Pessanha Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, Rio de Janeiro – RJ
  • Narcisa Maria Gonçalves dos Santos Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, Rio de Janeiro – RJ
  • João de Tarso Pallottino Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, Rio de Janeiro – RJ

Resumo

O presente artigo tem por finalidade apresentar uma metodologia para avaliação da significância dos desvios entre os faturamentos resultantes de medições de volume de gás natural com correção eletrônica e medições com correção manual por cálculo da temperatura, pressão e compressibilidade em medidores de gás, tipo rotativo, instalados em postos de distribuição de GNV. A metodologia proposta visa dar suporte às investigações sobre os eventuais desvios encontrados nas medições com correção manual e eletrônica que podem ser decorrentes de problemas na calibração dos medidores e corretores ou de possíveis interferências externas. Para ilustrar a aplicação da metodologia proposta, a mesma foi aplicada na análise das séries históricas de faturamento mensal, segundo as correções manual e eletrônica, de um conjunto de postos selecionados.

Palavras-chave: GNV, postos de abastecimento, erros de medição, estatística, controle de qualidade

 

Biografia do Autor

José Francisco Moreira Pessanha, Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, Rio de Janeiro – RJ

Instituto de Matemática e Estatística (IME/UERJ)

Narcisa Maria Gonçalves dos Santos, Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, Rio de Janeiro – RJ

Instituto de Matemática e Estatística (IME/UERJ)

João de Tarso Pallottino, Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, Rio de Janeiro – RJ

Faculdade de Engenharia

Downloads

Publicado

30-04-2013

Como Citar

Pessanha, J. F. M., dos Santos, N. M. G., & Pallottino, J. de T. (2013). CONSTRUÇÃO DE CARTA DE CONTROLE PARA AVALIAÇÃO DA SIGNIFICÂNCIA DOS DESVIOS ENTRE CORREÇÕES MANUAIS E ELETRÔNICAS EM MEDIÇÕES DE VOLUME DE GNV FATURADO. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 5(2), 224–244. Recuperado de https://podesenvolvimento.org.br/podesenvolvimento/article/view/241

Edição

Seção

Artigos