ALGORITMO PARA SELEÇÃO DISCRETA DE LOTES DE ATIVOS COM BASE EM BUSCA TABU

Autores

  • Melquiades Pereira de Lima Instituto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN, Natal – RN
  • Rodrigo Jose Pires Ferreira Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Recife – PE

Resumo

Um dos problemas fundamentais em finanças é a diversificação de ativos para investimento, nesse campo o modelo de Média-Variância elaborado por Markowitz (1952) busca diferenciar o risco e retorno dos ativos para construção de carteiras de investimento. Apesar da importância de sua contribuição, o método inicial desenvolvido não considera a aquisição em lotes e custos de transação. A partir de uma adaptação do modelo M-V, esse trabalho desenvolveu uma abordagem alternativa de resolução considerando variáveis discretas, para isso foi utilizado o método Busca Tabu, em conjunto com a MIQP - Programação Quadrática Inteira Mista. Para fins de análise, os resultados foram comparados pela própria MIQP isoladamente. Um conjunto de 250 ativos foi dividido em cinco instâncias para testes empíricos, o que levou a demonstração de um bom desempenho computacional, considerando velocidade e aproximação da solução ótima. Por considerar o modelo com solução em formato discreto, é possível o uso em outros tipos de ativos financeiros e reais.

Palavaras-Chave: Alocação de Ativos. Markowitz. Busca Tabu.

 

Biografia do Autor

Melquiades Pereira de Lima, Instituto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN, Natal – RN

Doutorando em Administração pela UFRN.

Rodrigo Jose Pires Ferreira, Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Recife – PE

Professor do Departamento de Engenharia de Produção da UFPE

Downloads

Publicado

30-04-2013

Como Citar

de Lima, M. P., & Ferreira, R. J. P. (2013). ALGORITMO PARA SELEÇÃO DISCRETA DE LOTES DE ATIVOS COM BASE EM BUSCA TABU. Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 5(2), 113–135. Recuperado de https://podesenvolvimento.org.br/podesenvolvimento/article/view/180

Edição

Seção

Artigos