MÉTODO ESTATÍSTICO DE TAGUCHI NO PRÉ-TRATAMENTO DE EFLUENTES TÊXTEIS POR PROCESSOS OXIDATIVOS AVANÇADOS (POA´S)

  • Ana Paula Barbosa Rodrigues de Freitas
  • Leandro Valim de Freitas
  • Messias Borges Silva
  • Carla Cristina Almeida Loures
  • Ivy dos Santos Oliveira
  • Oswaldo Luiz Cobra Guimarães

Resumo

Este artigo tem como objetivo avaliar, através de planejamento de experimentos, o efeito do processo oxidativo avançado no pré-tratamento de efluentes têxteis. O efeito da intensidade de luz UV, pH e concentrações de H2O2 e TiO2 na degradação do efluente, bem como a variável resposta, remoção do carbono orgânico total, foram estudados através do método estatístico de Taguchi. Os experimentos foram realizados através de um arranjo ortogonal L9 com quatro fatores e três níveis cada, realizados em duplicata. A análise de variância (ANOVA) dos efeitos dos fatores em conjunto com análise de regressão linear múltipla mostrou que a radiação ultravioleta e o pH são os fatores mais influentes no processo a 95% de confiança.

Publicado
27-07-2011
Como Citar
Rodrigues de Freitas, A. P., de Freitas, L., Silva, M., Loures, C., Oliveira, I., & Guimarães, O. (2011). MÉTODO ESTATÍSTICO DE TAGUCHI NO PRÉ-TRATAMENTO DE EFLUENTES TÊXTEIS POR PROCESSOS OXIDATIVOS AVANÇADOS (POA´S). Pesquisa Operacional Para O Desenvolvimento, 3(2), 132-140. Recuperado de https://podesenvolvimento.org.br/podesenvolvimento/article/view/141
Seção
Artigos